Contos sobre crianças africanas em tempos de guerra - Lançamento

Quando eu estava muito traquino, minha mãe me mandava brincar na Cochichina. Pois é na Cochinina que o autor do livro Kandengues da Cochichina, Manuel Casqueiro, conhecedor de todos os sentidos do universo cultural da Guiné Bissau e Angola, por meio de sua  prosa poética e com palavras tão bem tecidas,  deu o seu próprio sangue e vida para contar as historias de meninos africanos em suas infancias traídas, entre gracejos, tristeza, risos, lágrimas, medos e esperanças.

Casqueiro, segundo a  pedagoga e escritora Rosa Morena," toma para si a tarefa de contador de histórias, tal qual acontecia  com os tradicionais contadores comprometidos em passar adiante a tradição de seu povo."

Mais do que contos sobre crianças africanas da aldeia, os Kandengues da Cochichina são crianças testemunhas da guerra colonial, sobreviventes de regimes opressores, ditatoriais de uma história que previsava e deveria ser contada.

"A nós leitores, cabe-nos escutar como escutam as crianças, com curiosidade e encatamento", finaliza Rosa Morena.

Lançamento: 27de abril de 2019

Hora : 18:20m

Local : Casa Juvenal Galeno

Rua Gal. Sampaio,1128

(Próximo ao teatro José de Alencar).


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados