Lançamento do livro Como sair das bolhas

O livro Como sair das bolhas, primeiro título da coleção #Epensar, parceria das editoras EDUC-PUC/SP e Armazém da Cultura/CE, traz questões e reflexões que dialogam com o cotidiano de qualquer pessoa que vive no século XXI. “Com humanidade articulada com tecnologia”, a autora Pollyana Ferrari, doutora em Comunicação Digital pela USP, trata sobre fakenews no contexto do jornalismo e das redes sociais, sob o aspecto da criação de personagens falsas, fake news e pós-verdade, e orienta como não perder a lucidez e combater as distorções, muitas vezes, disfarçadas em notícias. “A pressa é inimiga da verdade”, diz Pollyana. Sem filtros e tempo para questionamentos, a informação no cenário atual é regida pela abundancia, complexidade, efemeridade, velocidade, etc. gerando “bolhas” de percepção equivocadas e perigosas que comprometem a saúde social. Mais do que isso, a autora, professora do Departamento de Jornalismo e Tecnologias da Inteligência de Design Digital (PUC-SP), mostra como hoje o conceito de viver na “bolha” evoluiu para algo pior: as pessoas, de modo geral, mesmo virtualmente, convivem com quem pensa parecido, tem a mesma opinião política, gosta dos mesmos ídolos, da mesma música, etc.

Em sua obra, Pollyana estuda sobre o fenomeno a partir de 2010, com a proliferação dos blogs, redes sociais e o exponencial crescimento das noticias falsas. Na ocasião do lançamento haverá bate-papo com a participação de José Luiz Goldfarb, editor e professor da PUC-SP, Carmen Lúcia Dummar, jornalista e comentarista do programa En passant (Tempo FM) , Laís Pontes, artista e criadora de perfis de mulher a partir de crowdsourcing of identities, com colaboração de usuários do facebook e Bruno Balacó , jornalista do O Povo e comentarista da OPOVO/CBN com especialização em mídias digitais.

Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados